Noticias do Mundo Animal

Noticias diversas do Mundo Animal

De plástico, vidro, inox ou cerâmica?

Via Mãe de Cachorro

O material de comedouros e bebedouros pode intoxicar água e alimentos, além de propiciar a proliferação de bactérias e fungos.

Recipientes

Comedouros e bebedouros para cães e gatos são geralmente escolhidos pelo preço, tamanho e beleza. Mas é bom saber que os diferentes materiais disponíveis à venda escondem perigos que podem afetar a saúde do peludo. As opções de plástico são de longe as mais comuns e justamente os menos indicadas. Estudos que pesquisam os efeitos do plástico na saúde (de todos, inclusive na humana) demonstram que ele libera petroquímicos na água e em outros líquidos. Bactérias e outros microorganismos fazem a festa em seus poros e ranhuras, podendo transmitir falhas de pelo e dermatites em focinhos e bocas. Nos gatos, o plástico pode provocar nos queixos uma doença inflamatória específica.

Tóxicos

Quando aquecido ou lavado com água quente o plástico libera Bisfenol A, um composto orgânico associado ao diabetes, câncer de mama e a outras doenças crônicas. Potes de alumínio são sabidamente tóxicos por liberar alumínio na água e comida, intoxicando em longo prazo. Os dois materiais apresentam a desvantagem de juntar bactérias e outros micro-organismos quando sofrem arranhões ou mordeduras, muito comuns no caso de serem usados para cães, principalmente filhotes. Poucas pessoas lavam comedouros com a frequência necessária e de maneira correta.

Continue a ler clicando na imagem, ou aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16 de setembro de 2014 por em Uncategorized.

Irmão Animal

%d blogueiros gostam disto: